Poupança ainda é mais vantajosa do que 60% dos fundos

Yolanda Fordelone

30 de julho de 2012 | 09h02

A mudança no cálculo da poupança colocou os fundos de investimento como a melhor opção para quem quer aplicar em renda fixa. A regra, contudo, só vale para as carteiras com taxa de administração inferior a 1%. Para se adequar a esse cenário, muitos bancos reduziram suas taxas, mas a medida chegou para poucos investidores. Para se ter uma ideia, das 72 carteiras com aplicação inicial inferior a R$ 500 oferecidas pelos cinco maiores bancos, apenas 28 têm taxa menor do que 1%. Ou seja, a poupança ainda é mais vantajosa do que 60% dos fundos destinados ao pequeno investidor, de acordo com dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).  Leia a matéria completa.

fundosmaisCaros.jpg

diferenca_1_.jpg

Tudo o que sabemos sobre:

fundospoupança

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.