Previdência privada: fundo com até 15% em ações fica em 2º lugar no ranking de rentabilidade em 12 meses

Yolanda Fordelone

12 de agosto de 2013 | 14h33

Quem aplicou seus recursos de longo prazo em um plano de previdência que possui uma pequena parcela em ações (até 15% da carteira) conseguiu uma boa rentabilidade, quando comparado ao resultado das demais categorias. Os fundos balanceados (15% em ações) tiveram o segundo melhor resultado entre as categorias de previdência privada em 12 meses, até o dia 6 de agosto. O único grupo com melhor desempenho foi a previdência renda fixa. Veja abaixo o retorno em 12 meses, no ano e no mês:

 

Tipo de fundo de previdênciaRentabilidade (%)*
12 mesesAnoMês

Previdência Renda Fixa

6,61

2,81

0,80

Previdência Balanceados (Até 15% em ações)

2,35

-0,29

0,93

Previdência Multimercados

5,05

0,73

1,20

Previdência Balanceados (De 15% a 30% em ações)

0,29

-2,77

1,46

Previdência Balanceados (Acima de 30% em ações)

-2,96

-7,23

2,53

Previdência Ações

-14,14

-18,23

4,67

 

* Até o dia 6 de agosto

 

Quem apostou todas as fichas no mercado de ações, porém, até o momento está na lanterna da rentabilidade em 12 meses, com a queda de 14,14% da categoria. No mês, há uma recuperação, sendo a previdência ações a categoria que mais sobe em agosto, até o dia 6.

 

Tudo o que sabemos sobre:

açõesprevidência

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.