Vale anuncia segunda distribuição de dividendos no ano

Vale anuncia segunda distribuição de dividendos no ano

Companhia aprovou a liberação de mais de R$ 5,1 bilhões em dividendos, o que corresponde a R$ 0,9909 por ação ordinária ou preferencial em circulação

Economia & Negócios

17 de outubro de 2014 | 10h21

vale539

Foto: Marcos Arcoverde/Estadão

Por Malena Oliveira

A Vale vai realizar pela segunda vez em 2014 o pagamento de dividendos a seus acionistas. O Conselho de Adminstração da companhia aprovou a liberação de mais de R$ 5,1 bilhões (US$ 2,1 bilhões), o que corresponde a R$ 0,9909 (US$ 0,4075) por ação ordinária ou preferencial em circulação. Os valores serão distribuídos a partir do dia 31 deste mês, com dedução do Imposto de Renda na fonte para a remuneração na forma de juros sobre o capital próprio (JCP). Quem conseguir atender às condições legais para a dispensa do imposto será isento.

A distribuição do valor bruto será feita de acordo com o número de ações portadas pelo investidor em 15 de outubro de 2014. Dos R$ 5,1 bilhões totais, R$ 3,35 bilhões (US$1,38 bilhão) correspondem a juros sobre o capital próprio (JCP) e R$ 1,75 bilhão (US$ 720, 66 milhões) a dividendos, sendo R$ 0,6508 (US$ 0,2677) por ação em juros sobre o capital próprio e R$ 0,34 (US$ 0,14) por ação em dividendos.

Por lei, as empresas devem definir em seu estatuto uma porcentagem mínima do lucro para distribuir em dividendos. Caso a porcentagem não seja informada no estatuto, a regra diz que 50% do lucro deve retornar ao acionista na forma de bonificações.

Os valores em reais foram obtidos mediante a conversão das quantias em dólares norte-americanos pela taxa de câmbio de venda (taxa Ptax) informada pelo Banco Central em 15 de outubro. Na data, a taxa era de R$ 2,4316 por dólar norte-americano.

Investidores que aplicam no exterior em American Depositary Receipts (ADRs) e em Hong Kong Depositary Receipts (HDRs) receberão o pagamento através do JP Morgan, o agente depositário, em 7 e 12 de novembro, respectivamente. Todos os acionistas que possuírem ações da Vale até o encerramento dos negócios em 16 de outubro (papéis negociados na BM&FBovespa) e 21 de outubro (ADRs e HDRs negociados na NYSE, na Euronext Paris e na HKEx) terão direito à remuneração. Papéis serão negociados ex-direitos na BM&FBovespa, NYSE e Euronext Paris – ou seja, sem o direito de receber os dividendos – a partir de 17 de outubro, e na HKEx a partir de 20 de outubro.

Quem deseja reaplicar automaticamente a remuneração recebida pode aderir ao programa Vale Investir entrando em contato com bancos credenciados (Bradesco e Banco do Brasil).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.