Martin Wolf faz com que eu pareça Pollyana

Paul Krugman

24 de fevereiro de 2010 | 16h44

Uma coluna bastante deprimente:

O que acontecerá a seguir? Podemos identificar duas alternativas: sucesso ou fracasso…

Infelizmente, o resultado do que eu chamaria de sucesso seria provavelmente uma crise financeira ainda maior no futuro, enquanto o resultado do que eu chamaria de fracasso seria o esgotamento dos recursos fiscais, mesmo que este limite seja atingido mais tarde do que temem os mais preocupados. Mas a grande conclusão é que ambos os resultados acabarão nos levando a uma crise nas dívidas governamentais.

Bem que eu gostaria de discordar. O que realmente precisamos no momento é (a) gastos maiores e uma balança comercial mais equilibrada nos países caracterizados como exportadores, em especial na China, mas também na Alemanha, e (b) algum incentivo considerável ao investimento, como a tecnologia de energia limpa. Na ausência disso, é difícil enxergar como poderemos produzir uma recuperação durável.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.