As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Salário de admissão recua pela primeira vez em 12 anos

A remuneração do brasileiro recuou 1,6% no ano passado. Passou de R$ 1.291,86 em 2014 para R$ 1.270,74 em 2015

Luiz Guilherme Gerbelli

21 de janeiro de 2016 | 13h34

Os salários de admissão registraram queda real em 2015. Os números do Cadastro de Geral de Empregado e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira, 21, mostraram que a remuneração do brasileiro recuou 1,6% na comparação com 2014.

A queda apurada pelo Caged foi a primeira registrada desde 2003, quando a série histórica teve início.

O ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, avaliou que o número mostra uma resistência na renda do País, ao argumentar que a queda na quantidade de empregos foi muito forte no ano, com o fechamento de 1,542 milhão de postos, ou uma redução de 3,74% no estoque do mercado formal de trabalho. “Mostra resistência, porque preserva o poder de compra muito próximo à inflação”, disse.

As maiores quedas no salário de admissão foram registradas nos Estados de Pernambuco (-6,54%), Alagoas (-5,32%), Rio de Janeiro (-4,49%) e Acre (-4,46%).

Apenas os salários dos trabalhadores admitidos no Distrito Federal (5,39%) e no Amapá (0,96%) subiram acima da inflação. / COM BERNARDO CARAM

Tudo o que sabemos sobre:

CagedEmprego

Tendências: