As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Airbus cruza o Atlântico com motor movido a óleo de cozinha

Cley Scholz

16 de maio de 2014 | 18h17

SÃO PAULO – A companhia aérea KLM Royal Dutch Airlines fez um voo de dez horas de duração com um avião modelo Airbus A330-200 abastecido com combustível misturado com 20% de óleo de cozinha.

O avião partiu do Aeroporto Internacional de Schiphol, em Amsterdã, e voou até a ilha de Aruba, no Caribe.

A proposta foi a de chamar a atenção para a busca de alternativas de combustíveis com menos impacto no ambiente diante do crescimento do tráfego aéreo.

klm

Airbus da KLM é preparado para decolar na Holanda, com óleo de cozinhar no tanque (Foto:EFE)

Testes. O voo serviu de experiência para coleta de dados sobre o desempenho dos motores aeronáuticos com o combustível alternativo.

Este foi o primeiro de uma série de 20 voos comerciais de longa distância com aviões Airbus, em uma iniciativa que pretende acelerar a comercialização de biocombustíveis para aviação na Europa.

A experiência é financiada por fundos da União Europeia e pretende ampliar a demanda e criar relações entre produtores de matérias primas, produtores de biocombustíveis e companhias aéreas.

Tudo o que sabemos sobre:

BiocombustívelKLM

Tendências: