Nova fuselagem da Airbus economiza 14% de combustível

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Nova fuselagem da Airbus economiza 14% de combustível

Gigante da aviação modifica desenho dos aviões para deixá-los mais competitivos em relação à concorrente Boeing

Cley Scholz

14 de julho de 2014 | 15h38

Nova fuselagem aumenta a economia em 14% e dá mais autonomia aos aviões (Foto: NYT)

FARNBOROUGH, Inglaterra – A Airbus lançou versões atualizadas se sua aeronave de fuselagem larga A330, com o objetivo de melhorar a eficiência no consumo de combustíveis, aumentar a autonomia e permitir que o avião possa competir com o modelo 787 Dreamliner da Boeing.

A companhia disse nesta segunda-feira, 14, que o novo desenho dos modelos A330-800neo e A330-900neo reduzirá o consumo em 14% e aumentará a autonomia do aparelho em 400 milhas náuticas, o equivalente a 740 quilômetros.

A empresa de Los Angeles Air Lease Corp infrmou que pretende comprar 25 aviões modelos A330-900 e 60 do A320neo. Não foram informados detalhes financeiros do acordo, que é um dos mais importantes da indústria aeronáutica mundial dos últimos tempos.

O lançamento foi anunciado em um momento em que a Airbus enfrenta dificuldades para encontrar compradores para o modelo gigante A350.

A companhia aérea Emirates cancelou recentemente um pedido do A350, e decidiu comprar aeronaves da Boeing de tamanho similar. Com agências internacionais 


Tudo o que sabemos sobre:

Airbus

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.