Poltrona reclinável é a maior causa de desentendimento entre passageiros
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Poltrona reclinável é a maior causa de desentendimento entre passageiros

Cley Scholz

30 de maio de 2014 | 12h54

 Novas poltronas da Monarch: encosto fixo para evitar desavenças a bordo (Foto: Divulgação)

SÃO PAULO – A empresa de aviação britânica Monarch está eliminando todas as poltronas reclináveis de todos os seus aviões.

Segundo a empresa, a mudança foi adotada para reduzir os desentendimentos a bordo.

Os assentos reclináveis são os principais responsáveis por desentendimentos a bordo, segundo a empresa. Uma pesquisa feita pela Monarch revelou que nove em dez passageiros são favoráveis aos bancos com encosto fixo.

A companhia aérea disse que adotou materiais mais leves nas poltronas e outros equipamentos dos aviões para reduzir as emissões de gases decorrentes da queima de combustível.

Os novos assentos oferecem mais espaço para as pernas dos passageiros e incluem suporte para tablets.

As poltronas que não reclinam são mais finas e com design semelhante à dos bancos de automóveis.

A pesquisa para a mudança do desenho das poltronas examinou aspectos como a quantidade ideal de estofamento e o melhor ângulo do assento.

A empresa disse que o resultado é uma poltrona com design mais ergonômico, prático e confortável, sem interferir no espaço do passageiro do banco de trás.

Tudo o que sabemos sobre:

Aviões

Tendências: