As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Selfie de piloto é apontada como causa de queda de avião

Relatório das autoridades de segurança do transporte dos Estados Unidos aponta distração causada por auto-retrato como motivo do acidente que matou piloto e passageiro em maio do ano passado

Economia & Negócios

04 Fevereiro 2015 | 16h34

O piloto de 29 anos teria se distraído ao tirar uma selfie antes de cair (Reprodução/CNN)
O piloto teria se distraído ao tirar uma selfie (Reprodução/CNN)

A distração causada por uma selfie foi apontada como causa do acidente de avião que matou o piloto e um passageiro nos Estados Unidos.

Investigadores da Agência Nacional de Segurança de Transportes encontraram uma câmera do tipo GoPro perto dos destroços do avião que caiu em maio em um campo de trigo. As imagens recuperadas mostram o piloto de 29 anos tirando várias selfies em um voo noturno na véspera do acidente.

“O flash da câmera foi ativado e iluminou a área do cockpit”, informa o relatório. Nenhuma imagem do voo fatal foi localizada na câmera, mas os investigadores acreditam que a distração do piloto ao usar o celular teria causado o descontrole da aeronave antes do acidente.

Os investigadores não encontraram nada de errado com o avião, o que levou à conclusão do relatório.

O avião acidentado em um campo de trigo no Colorado (Reprodução/CNN)
O avião acidentado em um campo de trigo no Colorado (Reprodução/CNN)

O piloto tinha 726 horas de voo, sendo 27 em períodos noturnos, mas os diários de bordo não comprovam que ele estava apto a transportar passageiros durante a noite.

Familiares do piloto Amritpal Singh confirmaram ao jornal Denver Post que o passageiro era um músico que estava a caminho de uma apresentação.

Leia também:

Anac libera ‘pau de selfie’ em bagagem de mão

Selfie já era, vem aí a escultura pessoal impressa em 3D

Selfies criam mercado de assessórios especiais

 

Mais conteúdo sobre:

AviaçãoSelfie