As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Brasil supera marca de 60 Leões em Cannes Lions

Nesta quarta-feira (20), o principal prêmio do País foi um Leão de ouro para a agência Ogilvy

Economia & Negócios

20 Junho 2018 | 16h02

O Brasil angariou mais 23 Leões nas sete categorias de premiação que revelaram vencedores nesta quarta-feira (20), no Cannes Lions – Festival Internacional de Criatividade. Desta forma, o total de prêmios brasileiros chega a 61, contando os 38 Leões que o País recebeu desde o início do evento, que tem o Estadão como representante oficial no Brasil.

+ Brasil começa Cannes Lions com quatro Leões

O principal prêmio do dia foi para a agência Ogilvy, pela ação Ricky Brasil, feita para a filial brasileira da revista Forbes. A campanha, que foi divulgada no último mês de abril, usa uma ferramenta de inteligência artificial para fazer uma espécie de “compilação” de empresários condenados na esteira da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, que investiga esquema de corrupção envolvendo Petrobrás, empreiteiras e governo.

 

O programa de computador foi “alimentado”, com um auxílio de um jornalista, com perguntas que poderiam ser feitas a um envolvido no esquema de corrupção. O empresário virtual – apelidado de Ricky Brasil – responde às questões de forma evasiva, como geralmente fazem os envolvidos em esquemas ilícitos da vida real.

Mais prêmios. A campanha da Ogilvy trouxe o único Leão de Ouro brasileiro desta quarta-feira, na categoria Digital Craft, que analisa o apuro técnico das peças produzidas para meios digitais. Nessa categoria, o País ganhou mais quatro Leões de bronze, sendo dois para a Ogilvy (um para a mesma peça da Forbes e outro para uma ação do laboratório Hermes Pardini) e dois para a Grey (ambos para a mesma campanha do Reclame Aqui).

Em quantidade de prêmios, o melhor desempenho do Brasil nesta quarta na categoria Brand Experience & Activation, que julga as experiências que as marcas proporcionam a seus consumidores. Foram cinco Leões de prata: GTB/Ford, Grey/Volvo, Grey/Reclame Aqui, Ogilvy/Hermes Pardini e AlmapBBDO/Gol. Houve ainda três bronzes para Grey/Volvo, Ogilvy Brasil/Forbes e Grey/Reclame Aqui.

Em Entertainment Lions foram duas pratas – Almap/Getty Images e Akqa/Netflix – e dois bronzes, para Wieden+Kennedy/Old Spice e Almap/Gol. Em Film Craft, o País ganhou uma prata, para Almap/Getty Images, e dois bronzes, novamente para a Almap e para a Saigon. Em Industry Craft foram três bronzes: FCB/Clube de Criação e dois para Africa (Disque Denúncia e LP&M).

Mais conteúdo sobre:

Cannes