Ambev muda campanha do guaraná Black após denúncia
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ambev muda campanha do guaraná Black após denúncia

Empresa fez acordo com a Proteste após queixa de 'propaganda enganosa' de guaraná que não contém açaí

Economia & Negócios

26 Fevereiro 2015 | 12h40

Campanha do guaraná Black é estrelada pelo campeão mundial de surf Gabriel Medina

Campanha do guaraná Black é estrelada pelo campeão mundial de surf Gabriel Medina

A Ambev aceitou mudar a campanha publicitária do guaraná Black depois que a associação Proteste de defesa dos consumidores denunciou os comerciais ao Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar).

Segundo a Proteste, o guaraná não contém açaí, mas a campanha anunciava o produto usando expressões como “Guaraná, Açaí e Frutas da Amazônia”. A propaganda passará a usar a expressão “Frutas da Amazônia: Guaraná e Sabor Açaí”.

A campanha de lançamento do guaraná Black é estrelada pelo campeão mundial de surf Gabriel Medina,

A fabricante do refrigerante apresentou cópia do registro do produto no Ministério da Agricultura que comprova a presença de aroma natural de açaí na sua composição.

A fábrica aceitou alterar em até seis meses a embalagem do produto para que conste expressamente a existência de “aroma natural de açaí” e “aroma natural de guaraná” e não apenas a palavra “aromatizante”, na lista de ingredientes.

A utilização da expressão ‘sabor’ é permitida pela Anvisa, e seu uso publicitário, inclusive com alusão e imagens ao produto é plenamente autorizado pelo Conar.

A Proteste havia pedido providências ao Conar e aos Procons de São Paulo e do Rio de Janeiro, no início do mês, por considerar a propaganda ‘enganosa’.

Anunciado como uma mistura do tradicional refrigerante com o “sabor do açaí”, a bebida não tem a fruta na lista de ingredientes descritos no rótulo, segundo a associação.

Na lata à venda atualmente, o produto é descrito como “Frutas da Amazônia: guaraná e sabor açaí”. São listados os seguintes ingredientes: água gaseificada, açúcar, extratos de cenoura roxa e hibisco, extrato de guaraná, corante caramelo IV, acidulantes, ácido fosfórico e ácido cítrico, emulsificante goma acacia, aromatizante e regulador de acidez citrato de sódio.

A Ambev divulgou a seguinte nota sobre o assunto:

 “Fomos alertados pelo Conar e pelo Proteste que nosso material de comunicação do Guaraná Antarctica Black poderia gerar dúvida quanto à composição do produto. Por isso, em reunião com as duas instituições, no dia 24 de fevereiro, mostramos que o refrigerante contém aroma natural de açaí em sua receita, conforme informado desde o lançamento do produto – respeitando as normas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – e, em conjunto, concordamos em tornar a comunicação mais clara para sanar qualquer eventual dúvida. A Ambev reforça seu compromisso com o atendimento ao consumidor e total cumprimento da legislação”.

Leia também:

Guaraná Black não tem açaí e propaganda é ‘enganosa’, diz Proteste

Ambev muda campanha de cerveja acusada de ‘apologia do estupro’

Mais conteúdo sobre:

AmbevProteste