As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Celular desperta usuário com cheiro de bacon frito

Cley Scholz

06 de março de 2014 | 19h02

SÃO PAULO – Para muitos americanos, o cheiro de bacon fritando no fogão é uma das razões para se acordar cedo e aproveitar a vida. O único problema é que alguém precisa acordar antes para fritar o bacon.

Uma empresa de tecnologia inventou uma forma de contornar a questão e lançou um aplicativo para smartphones que une o despertador ao cheiro matinal de bacon crepitando na chapa quente.

Na hora determinada pelo usuário, o celular aciona um dispositivo que funciona com ondas de alta frequência capaz de liberar para o ambiente o aroma contido em uma cápsula de concentrado de bacon.

O site do Instituto Oscar Mayer para o Progresso do Bacon tem um vídeo que mostra os sonhos de uma mulher que adora bacon sendo acordada pelo dispositivo.

Alerta. O site Mashable publicou um comentário sobre o cheiro liberado pelo dispositivo e alertou para o risco de contato da pele com o concentrado contido nas cápsulas.

Tom Bick, diretor sênior de marketing integrado e publicidade no instituto Oscar Mayer disse em um comunicado que a considera emocionante poder oferecer aos aficionados por bacon uma nova razão para acordar felizes todas as manhãs.

Para quem não gosta do sabor de bacon ou está de regime, o despertador com cheiro pode causar pesadelos matinais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: