Cervejaria substitui campanha acusada de apologia do estupro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cervejaria substitui campanha acusada de apologia do estupro

Nova campanha da Skol sugere que os foliões tenham respeito com quem diz não, ao contrário da publicidade anterior

Economia & Negócios

13 Fevereiro 2015 | 17h12

skol 2 (2)

Após retirar do ar a campanha especial criada para o carnaval, a Ambev anunciou novas peças publicitárias nesta sexta-feira, 13.

A campanha anterior recebeu críticas ao sugerir que os foliões deixassem o ‘não’ em casa ao sair para o carnaval. A peça desagradou o público feminino e as críticas nas redes sociais levaram a empresa a recuar e pedir desculpas.

Leia também: Campanha de cerveja é acusada de desrespeitar as mulheres

Os novos cartazes mudaram o tom:”Quando um não quer, o outro vai dançar. Neste carnaval, respeite”, diz um deles.”Não deu jogo, tire o time de campo”, diz outro. O terceiro também sugere que os foliões não devem forçar a aproximação quando as mulheres não querem: “Tomou bota, vá atrás do trio elétrico”.

skol skol 1

 Leia também:

Coca-Cola suspende campanha no Twitter após citação nazista

Guaraná Black sabor açaí não tem a fruta, diz Proteste

Anúncio de Doritos mostra como viajar em boa companhia no avião

Motorista desce para brigar e encontra Evander Holyfield

 

 

Mais conteúdo sobre:

CervejaSkol