As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Fiat deixa o ‘BBB’ depois de 15 anos

Economia & Negócios

23 de janeiro de 2017 | 05h00

Fernando Scheller

Uma das ações de patrocinadores de tradicionais nas últimas 15 edições do reality show Big Brother Brasil, da Rede Globo, envolvia uma prova de resistência na qual o prêmio era um automóvel da montadora Fiat.

No entanto, diante do alto investimento para patrocinar a atração – que pode variar de R$ 25 milhões a R$ 30 milhões, segundo fontes de mercado –, a montadora decidiu deixar a atração no ano de 2017, a temporada número 17.

Nos últimos dois anos, as vendas de veículos caíram mais de 20%, o que deixou o caixa das empresas do setor bem mais apertado.

No caso da Fiat, a ordem atual é investir em campanhas que tenham foco na conversão em vendas – quanto mais a empresa conseguir medir o impacto dos gastos com marketing, melhor.

Em comunicado relativo à sua saída do BBB, a Fiat afirmou que sua estratégia terá foco maior em “performance e mídia programática”. A empresa também afirmou que a estratégia reflete um momento de “investimentos menores”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.