As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Google exalta poder das redes em ‘Praça Pública’

Cley Scholz

02 de julho de 2013 | 18h30

SÃO PAULO – O discurso de Martin Luther King, a queda do muro de Berlin, o chinês que desafia um tanque de guerra na Praça da Paz  Celestial e outras imagens que marcaram a história da luta pelas liberdades democráticas aparecem em destaque no comercial do Google sobre as redes sociais e a organização social em espaços públicos.

O vídeo ‘Praças Públicas’ faz referência às manifestações populares desde a Grécia antiga até as grandes os protestos na Praça Tahrir, no Egito.

Não há referências ao Brasil, mas o comercial estreou no mesmo mês em que o País conviveu com grandes manifestações públicas, cuja organização nas ruas e praças foi favorecida pelas redes sociais, a exemplo do que mostram várias das imagens selecionadas pelo Google.

Segundo Google Trends, que computa estatisticamente os termos mais procurados e citados na internet, o interesse por temas como ‘protestos’ e ‘manifestações’ cresceu mais de cem vezes no mês  de junho no Brasil. Os protestos contra o aumento das tarifas do transporte público durante a Copa das Confederações viraram notícia internacional.

O vídeo foi criado para promover o Hangouts Air, ferramenta do Google Plus para encontros virtuais e transmissão de vídeos em tempo real.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.