As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Rei do Mate usa Wi-Fi para cliente ficar mais tempo na loja

Inspirada na cafeteria Starbucks, rede tenta agradar aos jovens; sistema viabilizará ofertas segmentadas

Economia & Negócios

11 de abril de 2016 | 05h00

Marina Gazzoni

A rede de lanchonetes Rei do Mate vai oferecer Wi-Fi gratuito nas suas 340 unidades, investimento considerado a principal frente de marketing da companhia no ano. Com um serviço inspirado na cafeteria americana Starbucks, a rede quer promover uma virada no seu posicionamento de mercado, estimular o cliente a ficar mais tempo na loja e aumentar entre 10% e 20% o fluxo de pessoas em 2016.

Filho do fundador da rede e atual diretor comercial e de marketing, Antônio Carlos Nasraui lembra que as primeiras lojas não tinham mesa e a proposta era vender mate para o cliente beber encostado no balcão ou fora da loja. “Não abrimos mais lojas sem mesa. Não quero mais que o cliente consuma e vá embora. Quero que ele fique mais e até trabalhe aqui”, disse Nasraui.

Para ele, a oferta de Wi-Fi é essencial para “convencer” o cliente a ficar na loja, especialmente os jovens. E o público de 14 a 39 é justamente o maior frequentador da rede.

Nasraui admite que a inspiração vem da Starbucks. “Quando vou para o exterior, procuro uma Starbucks para usar a internet. Eles trouxeram essa experiência para o Brasil. Mas o Wi-Fi é uma tendência. É essencial para atender o cliente conectado”, explicou.

As primeiras instalações de Wi-Fi começam nesta semana e, em até seis meses, todas as unidades terão internet grátis para os clientes.

Aplicativo. A tecnologia escolhida para as lojas é da startup Uau-Fi, de Araçatuba (SP), que oferece um aplicativo “metamórfico”, que pode ser usado por diferentes redes de varejo. “O cliente só baixa uma vez. Quando entra na loja do Rei do Mate, ele vira um app do Rei do Mate, com cardápio e promoções do dia. O aplicativo muda sozinho quando o cliente entra em outro estabelecimento”, diz o presidente da Uau-Fi, Rodrigo Antunes.

A Uau-Fi oferece hoje o serviço para cerca de 360 lojas, entre elas, franquias do China in Box e Bar Brahma, mas o Rei do Mate é a primeira rede a contratar o serviço.

Além da internet, o sistema da empresa permite que as varejistas criem programas de fidelidade digitais e ofereçam promoções personalizadas. Por meio de um relatório de acesso à internet, o dono do estabelecimento saberá, por exemplo, a frequência que cada cliente visita sua loja, horários de preferência e identificar quando o cliente sumiu. “Esse é o tipo de recurso que existe no e-commerce. Com o Wi-Fi, é possível levar isso para o varejo físico”, disse Antunes. Será possível, por exemplo, mandar uma promoção apenas para pessoas que não visitam a loja há um mês.

Tudo o que sabemos sobre:

Rei do MateWi-fi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.