coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Televisão nova tem 13 letras, lembra Zagallo em comercial

Cley Scholz

20 de março de 2014 | 13h46

SÃO PAULO – O ex-jogador e ex-técnico da seleção brasileira Zagallo nunca escondeu que é supersticioso. Quando o Brasil derrotou a Argentina nos pênaltis, na final da Copa América em 2004, ele gritava feito criança: ‘Brasil campeão tem 13 letras’. O número 13, para ele, não é sinal de azar, mas de sorte.

A fixação de Zagallo por 13 letras virou agora o mote da campanha do site de comércio eletrônico Submarino: “Televisão nova tem 13 letras”.

A campanha, criada pela Pereira&O’Dell com o Submarino, mostra a evolução dos televisores ao longo das copas. No filme, Zagallo atribui as vitórias do Brasil às TVs novas que ele comprou nas copas de 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002.

A campanha na internet foi criada para estimular as vendas de televisores com novas tecnologias como Ultra High Definition, OLED e telas curvas.

No filme, Zagallo faz paródia com outra frase famosa de sua autoria: “Vocês vão ter que me assistir”, afirma, numa referência ao seu desabafo em 1997, quando respondeu aos críticos dizendo: “Vocês vão ter que me engolir”, após a conquista da Copa América.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: