Estudando cada vez mais para a melhoria da agricultura brasileira

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Estudando cada vez mais para a melhoria da agricultura brasileira

A Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), em termos de oferta de cursos de graduação, à luz do sucesso de seu curso de Engenharia Agronômica, é reconhecida pelo nível de excelência de seus cursos de graduação em Engenharia Florestal, Economia, Ciências dos Alimentos, Gestão Ambiental, Ciências Biológicas e, mais recentemente, Administração

Jose Vicente Caixeta Filho

10 de setembro de 2014 | 17h34

Sede da Esalq em Piracicaba (Foto: USP)

Sede da Esalq em Piracicaba (Foto: USP)

Estamos em pleno período de corrida às vagas dos mais diversos e disputados vestibulares do país. Particularmente em São Paulo, a FUVEST (www.fuvest.br) é a fundação responsável pelos exames de admissão aos cursos de graduação das instituições de ensino superior vinculadas à Universidade de São Paulo (inscrições se encerraram na segunda, 08/09/2014).

Em Piracicaba, a USP tem a nobre representação da nossa Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ). A “gloriosa”… Desde 1901! Sim, a ESALQ é USP. Mais: a ESALQ é uma das fundadoras da USP, em 1934.

ESALQ significa “ciências agrárias”, “agronomia” etc.? Sim! Para muitos continua sendo a nossa “Escola Agrícola”. Reconhecida nacionalmente e, em tempos mais recentes, vem merecendo uma respeitabilidade internacional incontestável, demonstrada inclusive pelos diversos rankings que vêm sendo divulgados.

Por outro lado, a ESALQ, em termos de oferecimento de cursos de graduação, à luz do sucesso de seu curso de Engenharia Agronômica, tem também sido reconhecida pelos níveis de excelência de seus cursos de graduação em Engenharia Florestal, Economia, Ciências dos Alimentos, Gestão Ambiental, Ciências Biológicas e, mais recentemente, Administração (última avaliação dos 6 cursos de graduação pelo Guia do Estudante da Editora Abril: das 30 estrelas possíveis, a ESALQ acabou por receber 29!).

Os cursos de Ciências dos Alimentos, Gestão Ambiental e Ciências Biológicas são noturnos; os demais, diurnos. Alguns cursos têm duração de 5 anos e outros têm duração de 4 anos. Num encontro recente, ouvi o seguinte depoimento de uma profissional egressa do curso de Gestão Ambiental: “Professor, quando comentava com alguém que fazia Gestão Ambiental na ESALQ, ninguém acreditava; se dizia que era curso noturno, o descrédito em torno das minhas palavras aumentava; se terminava dizendo que a ESALQ é USP, bom, aí não conseguia conversar com mais ninguém…”.

Estamos fazendo um esforço enorme para divulgar de forma mais eficiente a graduação da ESALQ: vídeos institucionais sendo disparados nos mais diversos tipos de mídia, recepção de alunos de ensino médio de Piracicaba e região (Projeto “Profissões na ESALQ”), participação em feiras de carreiras e afins etc. Sabe-se que um trabalho de “formiguinha” é mais de médio e de longo prazo mas o objetivo final é diminuir aquilo que os economistas chamam de “assimetria de informação”.

Sim, reconfirmando, a ESALQ oferece SETE cursos distintos de graduação, através do vestibular da FUVEST. Entretanto, a pergunta recorrente à qual não nos cansamos de responder: qual o valor da mensalidade da ESALQ? A ESALQ, uma das unidades mais antigas da Universidade de São Paulo, oferece SETE cursos de graduação GRATUITOS!

A ESALQ é uma instituição pública, ligada à Universidade de São Paulo. Que mais recentemente também tem se especializado no oferecimento de excelentes condições para que o seu aluno de graduação possa também usufruir de experiências internacionais, COM BOLSA! Bolsas outras também podem ser solicitadas para finalidades das mais diversas (auxílio moradia, iniciação científica etc.). Portanto, como também dizem, só não tem bolsa quem não quer. Mais: só não vai para o exterior quem não quiser.

Difícil de se passar no vestibular? Tem que estudar, sem dúvida, mas a concorrência depende muito do curso pleiteado.

Oportunidades como essas precisam ser bem aproveitadas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: