Alta demanda por blockchain no mundo transforma carreiras em TI
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Alta demanda por blockchain no mundo transforma carreiras em TI

Sistema de segurança muda relações de negócios e, com isso, atrai profissionais de diferentes perfis para seu ecossistema, diz especialista em artigo

blogs

28 de março de 2019 | 15h43

Por Mauricio Magaldi * 

Quer dar uma guinada na vida profissional? Tem vontade de explorar um território promissor? Está disposto a se capacitar e a se reinventar? Se a sua resposta foi positiva para pelo menos duas das três perguntas, convido você a refletir um pouco sobre os rumos da área de TI a partir do blockchain.

Primeiramente, caso não esteja familiarizado com esta tecnologia, aqui vai um breve lembrete. O blockchain já está revolucionando a maneira como as corporações e as pessoas fazem transações de negócios. Por isso, se você não o conhece a fundo, está na hora de correr atrás do prejuízo.

Grosso modo, o blockchain traz segurança a negociações por registrar vários tipos de transações em diferentes computadores espalhados pelo mundo, criando uma espécie de índice global e evitando falsificações e gastos duplicados.

Por introduzir confiança em territórios complexos, ele abre inúmeras possibilidades de parcerias improváveis e, até mesmo, entre concorrentes. Vale destacar que, apesar dos seus diversos tipos, concentro-me aqui somente no contexto das blockchains permissionadas, onde os participantes são conhecidos, mas os dados são privados.

Ilustração: Pixabay

Agora, por outro lado, até para quem já entende como o blockchain pode mudar as relações de negócios, também existe um novo mundo de oportunidades profissionais, e não só no âmbito tecnológico: chama-se incentivos de negócios. Se não ficou claro, explico melhor. Um projeto com blockchain é, essencialmente, um projeto de processos de negócios, então é necessário engajar um time multidisciplinar.

Tendo isso em mente, é importante entender que organizações sérias que desejam adotar blockchain para seu ecossistema vão precisar contar com alguns perfis profissionais chave. Entre eles, estão gerente de projeto, designer, arquiteto de aplicação, desenvolvedor de blockchain e full stack, arquitetos e consultores de negócios, além de advogados societários e diretores executivos.

Observe que os perfis que estão listados no plural são os perfis dos líderes de negócio e isso não é por acaso: blockchains são orquestradores de ecossistemas entre diversas empresas, portanto, representantes de várias delas são fundamentais para garantir não só o sucesso do projeto como também o sucesso da operação.

Isso não apenas permite que profissionais da área técnica que têm fundamentos em tecnologias padrão de mercado se capacitem nos aspectos técnicos, mas abre um novo e amplo espaço para que profissionais que dominam temas de negócios em todas as indústrias possam reinventar a própria carreira como gestores de redes blockchain.

“Torna-se cada vez mais simples conseguir formar um currículo para qualquer profissional em qualquer estágio de carreira se desenvolver em blockchain”

O cenário não significa em absoluto que só profissionais com carreiras já estabelecidas têm chance de migrar para uma carreira em blockchain. Com a quantidade de cursos de qualidade e materiais disponíveis na internet torna-se cada vez mais simples conseguir formar um currículo para qualquer profissional em qualquer estágio de carreira se desenvolver em blockchain.

Esse fenômeno chama-se new colar worker, expressão em inglês que descreve aqueles profissionais do mercado de trabalho contemporâneo, especialmente o tecnológico, que regem suas carreiras baseadas em habilidades com alta demanda por recursos, e não nas carreiras tradicionais (blue colar worker), que necessitam de uma formação acadêmica mínima para entrar no mercado de trabalho.

Aliás, enquanto escrevo este artigo, uma pesquisa rápida por blockchain no LinkedIn Jobs traz mais de 12 mil vagas no mundo todo. No Brasil, são quase cem, isso é em apenas um site de vagas. Todo esse contexto, embora pareça inquietante para alguns, mostra uma necessidade cada vez maior de profissionais com essas habilidades específicas, que podem contribuir para que as relações de negócios ao redor do mundo sejam cada vez mais éticas e transparentes com o uso de blockchain.

* Mauricio Magaldi é líder de blockchain da IBM para a América Latina