Copa deixa lições para a carreira

Copa deixa lições para a carreira

blogs

31 de julho de 2018 | 07h18

Foto: Glen Carrie / Unsplash

Ylana Miller*

Durante semanas, a Copa do Mundo marcou forte presença na mídia, nos ambientes corporativos e nas conversas informais no nosso dia a dia. Há diversidade de opiniões sobre passes, melhores gols, jogadas que poderiam ter sido feitas, ensinamentos dos técnicos, atitudes dos jogadores, dentre outros assuntos. No entanto, o esporte em geral proporciona aprendizados que podem nos fortalecer para encarar desafios pessoais e profissionais. Vamos refletir sobre as lições aprendidas com um evento dessa dimensão.

1) Liderança
Técnicos que educam, formam e lideram com uma maestria que inspira. Alguns se revelam nessa nobre missão de desenvolver e potencializar cada profissional, visando um desempenho diferenciado. A arte de liderar faz toda a diferença no fortalecimento do time e na orientação para os resultados.

2) Treino
Esforço, sem moderação. As rotinas das comissões técnicas e dos atletas são focadas no aprimoramento contínuo. Dedicação incondicional é a palavra-chave.

3) Trabalho em equipe
Juntos são mais fortes. Equipes unidas por um único objetivo. Diferenças podem existir, mas devem ficar de lado. Não é hora para discussões desnecessárias ou perda de energia. Todos são responsáveis pelo sincronismo da equipe.

4) Emoções,  autocontrole e resiliência
Brigas, xingamentos e atitudes exacerbadas denotam um comportamento arrogante e agressivo. Saber perder é uma virtude e faz parte do jogo. A inteligência emocional é a grande jogada para o sucesso em campo (e fora dele!).

5) Superação: ir além
Atletas ultrapassam seus limites, motivados em vencer. Agem com garra e determinação, dando o melhor de si em busca de resultados diferenciados.

6) Foco
Persistência, melhoria contínua, dificuldades a serem enfrentadas e energia canalizada para um resultado final que compense absolutamente cada segundo de dedicação. O esforço ilimitado e a persistência podem ser o grande diferencial.

7) Celebração: comemorar, sempre!
É o momento de campeões celebrarem pelo alcance dos resultados. E dos que ainda não atingiram seus objetivos comemorarem por terem participado com dedicação e empenho. Todos seguirão em frente investindo em mais capacitação para o próximo evento.

E você, qual o seu propósito? O que motiva para ir em busca da sua medalha de ouro? Tem um plano de ação com ações alinhadas ao seu objetivo de carreira?
As oportunidades são muitas. Defina o que pretende alcançar, treine, tenha um mentor e invista no seu aprimoramento com muita garra e persistência. O sucesso será consequência da paixão pelo que você faz e do investimento na sua trajetória.

*Professora do Ibmec e sócia-diretora da Yluminarh

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.