Empresas incentivam a torcida nos escritórios

Empresas incentivam a torcida nos escritórios

Álbum de figurinhas e bolão são algumas das ações para motivar funcionários no apoio à Selação

Claudio Marques

12 de junho de 2014 | 14h06

Em clima de Copa do Mundo, algumas empresas criaram ações temáticas sobre o mundial para promover a integração entre equipes e funcionários. Conheça algumas iniciativas que vão animar os trabalhadores nos escritórios:

Álbum de figurinhas personalizado: Aproveitando a febre nacional do álbum da Copa, a agência de marketing digital paranaense i-Cherry criou um álbum de figurinhas com fotos da sua equipe.  Cada colaborador recebeu um álbum com 15 adesivos. Para completá-lo é preciso doar roupas, alimentos ou produtos de higiene pessoal para moradores de rua e pessoas prejudicadas pelas chuvas que atingiram o Paraná recentemente. A agência de comunicação integrada Netza também criou o seu álbum de figurinhas. Nas fotos os colaboradores estão vestidos a caráter, retratados como jogadores de futebol.

Campeonato de decoração: A Brookfield Incorporações distribuiu kits verde-amarelos para todos os colaboradores decorarem suas bancadas. Durante a Copa, haverá uma votação entre os funcionários na intranet, e a equipe que enfeitar melhor seu espaço levará um prêmio, ainda em definição.

Bolão: Já tradicionais nas empresas, os bolões também movimentaram as companhias. A Brookfield repetiu  ação que a empresa realizou durante a Copa das Confederações, no ano passado.

E, na Dow Chemical Company, que tem cerca de 3 mil colaboradores, quem quiser participar da brincadeira deve acessar um hotsite. Neste espaço, o participante insere e visualiza seus últimos palpites, sua posição atualizada no ranking e também notícias da Copa.

Reembolso de Ingressos: A Suzano Papel e Celulose investiu R$ 120 mil e envolveu os 7 mil colaboradores  em uma promoção de  ingressos do evento. Os funcionários deviam se cadastrar pelo site da FIFA no período de vendas por sorteio e solicitar seus ingressos. Ao todo, 69 pessoas foram contempladas entre colaboradores e acompanhantes e, além de poderem curtir os jogos,  tiveram o valor da entrada reembolsado.

Dia de folga: A Serasa Experian vai liberar seus colaboradores para assistir aos jogos da Copa do Mundo. Em dias de jogos do Brasil, cerca de 2.500 pessoas de todo o País poderão encerrar o expediente duas horas e meia antes do início da partida e, nos dias em que for decretado feriado municipal, não haverá expediente no local.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Brasil 2014copa do mundogestão de pessoas

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.