Na Grande SP, 58% dos formandos no ensino médio já escolheram profissão

Na Grande SP, 58% dos formandos no ensino médio já escolheram profissão

Pesquisa com 17 mil jovens mostra assertividade maior nas escolas públicas

Claudio Marques

09 de junho de 2014 | 18h07


(imagem: Werther Santana/Estadão)

Decidir pela profissão não é tarefa fácil, mas a maior parte dos jovens da Região Metropolitana de São Paulo já tem ideia de que caminho pretende seguir. De acordo com pesquisa realizada pela Universidade Anhembi Morumbi, 58%  de um total de com 17 mil alunos do terceiro ano do ensino médio de escolas públicas e privada consultados declararam estar decididos por uma carreira. Além disso, 47% dos estudantes disseram ter algum tipo de contato com a área desejada.

Os formandos das das instituições públicas, que respondem por 38% da amostra, são os mais assertivos nas respostas: 62% deles já escolheram suas áreas de estudo. As profissões preferidas por eles, segundo o levantamento, realizado no primeiro trimestre, foram administração, engenharia civil, psicologia, medicina e gastronomia

Levando-se em conta os jovens de escolas particulares, o porcentual cai para 53%. Medicina, administração, engenharia civil, psicologia e jornalismo foram as profissões mais citadas.

Reunindo 54% dos entrevistados, as mulheres também se mostraram mais decididas. Do total de jovens ouvidas pelo levantamento, 55% disseram ter escolhido uma profissão. Entre os homens, 45% estão convictos da decisão profissional que farão após o fim do ensino médio.

 

Tudo o que sabemos sobre:

profissãovestibular

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.