As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Analistas ainda acreditam em solução para crise da dívida

No entanto, retorno dos títulos públicos têm forte alta nos EUA

Carla Miranda

29 de julho de 2011 | 12h59

Analistas ouvidos por sites internacionais mostram-se preocupados com o impasse sobre a elevação do teto da dívida dos Estados Unidos, mas ao mesmo tempo crentes de que haverá uma solução.

O país precisa aumentar o limite legal de endividamento, de US$ 14,3 trilhões, sob o risco de dar um calote em credores no dia 2 de agosto.

 “O mercado ainda acredita que um acordo está por vir, mas está se tornando óbvio que qualquer solução será muito dolorosa”, afirmou Stephen Leuer, da X-FA Trading, à agência Dow Jones.

“A expectativa ainda é a de que algo [algum acordo] ocorra neste fim de semana”, disse Philip Isherwood, da Evolution Securities, ao site CNN Money.

Mas também há analistas mais céticos. “Estamos ficando sem tempo. Isso está ficando assustador”, disse Phil Dow, da RBC Wealth Management, à Associated Press.

O retorno dos títulos americanos com vencimento em agosto “deu um salto” nesta sexta-feira, como observa o site do “Financial Times”. Isso significa que investidores exigem um ganho maior para comprar papéis do governo dos EUA.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.