As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Brasil deve virar 4º maior mercado de veículos neste ano

Volks e GM projetam alta do mercado brasileiro; PwC vê queda do alemão

Carla Miranda

24 de maio de 2010 | 17h01

Considerando o atual ritmo de crescimento, o Brasil vai desbancar a Alemanha e se tornar o quarto maior mercado de automóveis do mundo, segundo projeções de analistas e fabricantes de automóveis citados em reportagem do jornal britânico Financial Times.

O País encerrou o ano passado como quinto do mundo em vendas de veículos, com 3,1 milhões de unidades comercializada. Com esse resultado, ficou atrás de China, Estados Unidos, Japão e Alemanha, segundo o FT.

A empresa de pesquisa PwC, citada na reportagem, prevê uma queda de 20% no mercado alemão (de quase 4 milhões para 3,18 milhões) e uma alta de 8% no brasileiro, para 3,3 milhões.

“Este ano depende de como irá o mercado europeu. Pode ficar na mesma, mas o Brasil pode passar a Alemanha”, disse ao Financial Times o presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall.

O presidente da General Motors no País tem opinião semelhante. Acredita que o mercado de veículos no Brasil deve crescer 5% ao ano nos próximos anos, com um avanço maior nos anos de Copa do Mundo (2014) e Olimpíadas (2016).

A reportagem acrescenta que a vida dos quatro maiores produtores de veículos instalados no País (Fiat, Volkswagen, GM e Ford) ficará mais difícil porque a sul-coreana Hyundai e a chinesa Chery Automobile planejam construir fábricas no Brasil. Além disso, o real forte deve estimular as importações de carros pelos consumidores brasileiros.

Leia reportagem no site do Financial Times (em inglês)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.