As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Antes de anunciar descoberta, plataforma da BP afunda

Segundo pessoa próxima ao tema, descoberta abrange 'dezenas de milhões de barris'

Carla Miranda

22 de abril de 2010 | 16h59

bp_plataforma_explosao_reuters_21042010.jpg
Plataforma da BP pega fogo antes de afundar (foto: REUTERS/U.S. Coast Guard)

A petrolífera britânica BP estava às vésperas de anunciar uma descoberta de petróleo “comercialmente atrativa”, segundo o site do Wall Street Journal, quando a plataforma marítima pegou fogo e afundou no oceano. Até as 16h20 (de Brasília), havia informação de 17 pessoas feridas e 11 desaparecidas.

A reportagem do WSJ ouviu uma pessoa ligada ao trabalho de perfuração da BP segundo a qual as reservas a serem anunciadas abrigam “dezenas de milhões barris de petróleo”.

O equipamento fazia uma perfuração de cerca de 2.500 metros  de profundidade, sendo 1.500 de água. A reposição deve custar cerca de US$ 600 milhões à companhia.

A plataforma se localiza no Golfo do México. Segundo o WSJ, esse é o pior acidente desse tipo em 20 anos.

Leia a reportagem no site do Wall Street Journal (em inglês)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.