As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Após acelerar, PIB dos EUA deve perder ritmo, dizem analistas

Alta no 4º trimestre deveu-se à redução do ritmo da queima de estoques

Carla Miranda

26 de fevereiro de 2010 | 12h10

A mais recente revisão do Produto Interno Bruto dos Estados Unidos, divulgada nesta sexta-feira, mostrou que a economia norte-americana cresceu 5,9% no quarto trimestre do ano passado, a maior alta dos últimos seis anos.

HOJE NO RADAR ECONÔMICO
Agnelli, Eike e Schwarzenegger juntos em prêmio sobre ousadia

Os sites dos jornais Financial Times e Wall Street Journal observam que essa aceleração ocorreu, entre outros motivos, porque as empresas resolveram parar de gastar seus estoques, passando a fazer investimentos.

“Cerca de dois terços do crescimento real do PIB do quarto trimestre deveu-se à desaceleração da liquidação dos estoques, e nós esperamos que a taxa de expansão da economia no primeiro trimestre deste ano reduza o ritmo substancialmente”, afirmaram os analistas John Ryding e Conrad DeQuadros, da RDQ Economics, como registrou o FT.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.