As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Apple para de vender aplicativos com conteúdo sexual para iPhone

Produtos deixarão de ser vendidos na loja virtual da Apple, informa jornal

Carla Miranda

23 de fevereiro de 2010 | 11h22

Atualizado às 11h35


Vídeo do jogo Sexy Scratch Off, que será banido de loja virtual

A Apple começou a banir da App Store (loja que vende aplicativos para o iPhone) programas que mostram conteúdo sexualmente sugestivo, incluindo fotos de mulheres de lingerie e até de biquíni, informa o jornal The New York Times.

Alguns desenvolvedores de software têm feito um “crescente número de aplicativos com conteúdo muito objetável”, disse recentemente Philip Schiller, alto executivo da Apple.

Nesse aspecto, lembra o jornal, a Apple se diferencia de concorrentes como o Google, que teria um estilo menos interventor no conteúdo. A empresa de Steve Jobs afirma que está respondendo a reclamações de usuários da App Store.

Entre os produtos que foram ou serão banidos estão os jogos SlideHer e Sexy Scratch Off (vídeo acima).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.