As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Argentina some enquanto Brasil cresce, diz correspondente

Veja entrevista com Eleonora Gosman, jornalista do Clarín em São Paulo

Carla Miranda

26 de maio de 2010 | 13h59

A Argentina está “sumindo” do cenário internacional, ao mesmo tempo em que o Brasil se torna cada vez mais proeminente, segundo avaliação da jornalista Eleonora Gosman, do diário Clarín (veja a entrevista em vídeo abaixo).

Correspondente do jornal em São Paulo desde 1995, ela conta que a rivalidade entre os dois países ficava clara nos primeiros textos que escreveu sobre o País, carregados de sarcasmo. “Eu não faria esse tipo de reportagem agora”, afirmou.

 

 

A entrevista com Eleonora Gosman é a terceira de uma série com correspondentes da imprensa estrangeiras no Brasil. Antes dela, o blog Radar Econômico entrevistou Jonathan Wheatley, do Financial Times, e Paulo Prada, do Wall Street Journal.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.