As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Argentinos que compraram dólares e não viajaram terão que devolvê-los

Governo tenta conter o aumento da demanda pela moeda americana

Carla Miranda

27 de julho de 2012 | 07h00

Em mais uma medida para conter o aumento da demanda de dólares, o governo da Argentina determinou que quem comprou a moeda americana para viajar e não saiu do país terá que trocá-la novamente pela divisa nacional, informa o jornal Clarín.

A recita estima que cerca de 7 mil pessoas adquiriram dólar alegando que iriam ao exterior, mas ficaram na Argentina.

O país tenta conter o aumento da procura por dólares. Em novembro do ano passado, o governo criou barreiras para operações com a moeda estrangeira – o que levou a procura por essa divisa disparar, na ocasião.

Desde então, o mercado do dólar paralelo vem aumento. A moeda no câmbio informal é atualmente vendida a um valor cerca de 40% maior do que na cotação oficial.

As medidas para conter a compra de dólares por argentinos ocorreu em um momento em que as reservas do país em moeda estrangeira vinham caindo. Em novembro passado, elas somavam US$ 47 bilhões; um ano antes, US$ 52 bilhões.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.