As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

BR Foods entrará no Oriente Médio e espera vender US$ 1 bi

Empresa aguarda decisão do Cade aprovando fusão de Sadia e Perdigão

Carla Miranda

28 de abril de 2010 | 09h08

A BR Foods, união de Sadia e Perdigão, aguarda a decisão do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovando a fusão das duas empresas para poder construir sua primeira fábrica no Oriente Médio, com a qual pretende dobrar as vendas na região, atingindo US$ 1 bilhão por ano, afirmou, em entrevista ao jornal Brasil Econômico, Luiz Fernando Furlan, ex-ministro do Desenvolvimento e atual copresidente do Conselho de Administração da companhia.

“Não faz sentido avançarmos enquanto não houver uma conclusão do processo de fusão de Sadia e Perdigão”, disse Furlan ao jornal.

Atualmente, ainda segundo Furlan, a BR Foods, ou BRF, obtém entre US$ 500 milhões e US$ 600 milhões anualmente com vendas ao Oriente Médio.

O faturamento total da BRF no ano passado foi de R$ 24,4 bilhões. A empresa é a quarta maior exportadora do País, tendo faturado R$ 9,2 bilhões com vendas ao exterior, e a maior exportadora de aves do mundo, segundo dados do jornal.

Leia a reportagem no site do Brasil Econômico (para assinantes)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.