carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Brasil afrouxará barreiras para entrada de veículos, diz ‘Clarín’

Cinco fontes ouvidas pelo jornal afirmam que o problema será solucionado logo

Carla Miranda

24 de maio de 2011 | 10h21

Atualizado às 11h36

O jornal argentino “Clarín” traz nesta terça-feira, 24, a notícia de que o Brasil estaria prestes a afrouxar as barreiras à importação de carros.

Segundo o diário, cinco fontes de terminais no lado da fronteira do Brasil disseram aos seus colegas do lado argentino que a ordem vinda do País era de que as montadoras “não terão problemas para exportar” e que lhes foi assegurado que “o conflito vai ter uma solução logo”.

Nesta terça-feira, o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento do Brasil, Alessandro Teixeira, reúne-se com seu equivalente argentino, Eduardo Bianchi, em Buenos Aires para discutir a questão. Segundo o jornal, o brasileiro está disposto ficar o tempo necessário para resolver a questão e só voltar ao Brasil com um acordo debaixo do braço.

No dia 12, o governo brasileiro impôs barreiras à importação de automóveis, numa medida que afetou especialmente o país vizinho. No ano passado, segundo outra reportagem do “Clarín”, a Argentina exportou 358 mil veículos ao Brasil. O setor automobilístico representa 39% de tudo o que os argentinos vendem ao País.

Leia a reportagem no site do “Clarín” (em espanhol)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: