As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Buffett prepara sucessão e convida um desconhecido

Executivo de um pequeno fundo se torna principal candidato a assumir a empresa

Carla Miranda

26 de outubro de 2010 | 12h12

O megainvestidor Warren Buffett pinçou no mercado um executivo pouco conhecido e lhe deu a função de administrar parte do portfólio de US$ 100 bilhões da Berkshire Hathaway. Para o “Wall Street Journal, o profissional escolhido se tornou o mais provável sucessor de Buffett.

Todd Combs, de 39 anos, administrava até agora um pequeno fundo com US$ 400 milhões em ativos, equivalente a 0,4% do portfólio manuseado por Buffett. Por isso, o megainvestidor disse que dará a ele uma parte dos ativos da Berkshire “com a qual ele se sinta confortável”. Depois, aumentará essa fatia gradativamente.

Buffett completou 80 anos em agosto e está com dificuldade para formar um sucessor, segundo o “Journal”. O próprio investidor disse que duas pessoas desistiram de concorrer à vaga almejada por Combs recentemente. O motivo é que investidores talentosos podem fazer fortuna trabalhando em outras empresas. Buffett retira da sua empresa um salário de apenas US$ 100 mil. Ele disse Combs, segundo o “Journal”: “Você vai ganhar muito dinheiro nesse emprego, mas não vai ganhar bilhões”.

O megainvestidor deixou claro que também que não tem data marcada para deixar o cargo de presidente da Berkshire. A companhia tem “menos de duas dúzias” de funcionários em seu escritório, mas detém empresas que, juntas, empregavam mais de 257 mil pessoas no fim do ano passado.

Leia a reportagem no site do “Wall Street Journal” (em inglês)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.