Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Casa de empregado de Buffett custa 465 vezes mais que a do chefe

Executivo gastou US$ 14,65 milhões em residência; seu patrão, US$ 31 mil

Carla Miranda

25 de fevereiro de 2011 | 10h29

ajit_jain_reuters_carlos_barria_03052009.jpg
Jain joga cartas em evento da empresa de Buffett (foto: Carlos Barria/Reuters)

beacon_court_reproducao.jpg
Reprodução do site do Beacon Court: ‘Um sonho de Manhattan se torna realidade’

O executivo Ajit Jain, indiano que recentemente vem sendo apontado como provável sucessor do megainvestidor Warren Buffett, pagou pela sua residência 465 vezes mais do que seu chefe.

O subalterno gastou US$ 14,65 milhões para comprar um apartamento de apenas quatro quartos no 34º andar do One Beacon Court, um luxuoso arranha-céu em Manhattan, Nova York, noticiou o “Wall Street Journal”. Já o dono da firma permanece com sua residência em Omaha que lhe custou US$ 31,5 mil.

Jain é o responsável pelos negócios de Buffett na área de seguros. O megainvestidor, com 80 anos, já disse que está disposto a continuar trabalhando, mas crescem as especulações sobre quem vai assumir a liderança da sua empresa, a Berkshire Hathaway.

Buffett , além de manter sua casa em Omaha, comprometeu-se publicamente a doar 99% de sua fortuna até o fim da vida, e está tentando convencer outros bilionários a fazer o mesmo.

Jain pode herdar o cargo de seu chefe, mas certamente não o estilo de vida do guru dos investidores. Para se ter uma ideia da preocupação do One Beacon Court em parecer requintado, o site do condomínio tem uma seção chamada “Amenidades do prédio“.

Leia a reportagem no site do “Wall Street Journal” (em inglês)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: