As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cético diz que combater mudança climática custaria US$ 100 bi anuais

Ele é conhecido por criticar os alertas sobre aquecimento

Carla Miranda

31 de agosto de 2010 | 15h51

Atualizado às 16h34

urso_polar_canada_aquecimento_global_reuters_Iain_d_williams_20112009_.JPG

urso_polar_canada_aquecimento_global_reuters_Iain_d_williams_20112009.JPG
Urso polar come animal da mesma espécie no Canadá. Com aumento da temperatura, ursos se tornaram canibais por falta de alimento (fotos: Ilain D. Williams/Reuters)

 

O ambientalista dinamarquês Bjørn Lomborg, conhecido por acusar cientistas, ativistas e a mídia de exagerar na avaliação dos riscos de mudança climática, lançará um livro em setembro no qual afirma que seria necessário gastar US$ 100 bilhões todo ano para resolver o problema até o final deste século.

A informação foi adiantada com exclusividade pelo jornal britânico “The Guardian”. Lomborg acrescenta que o aquecimento global é “sem dúvida, uma das maiores preocupações que o mundo enfrenta hoje” e “um desafio que a humanidade precisa enfrentar”.

O “Guardian” considera que essas declarações parecem ser uma virada de 180 graus na postura de Lomborg, o que tende a aumentar a força dos ambientalistas preocupados com a mudança climática.

Leia a reportagem no site do “Guardian” (em inglês)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.