As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Claro ‘desafia Anatel’ e cobra desbloqueio de celular, diz jornal

Veja as principais notícias de economia publicadas em jornais regionais

Carla Miranda

23 de março de 2010 | 14h47

Atualizado às 18h12

A operadora de telefonia móvel Claro ainda cobra pelo desbloqueio do celular, apesar de a Agência Nacional de Telecomunicações determinar que o serviço passa a ser gratuito, informa o jornal Correio Brasiliense.

A reportagem foi às lojas de quatro operadoras – Claro, TIM, Vivo e Oi – e recebeu do atendente a informação de que “só poderia fazer o procedimento sem custo para o cliente quando a data de expedição da nota fiscal completasse um ano”.

A Claro disse ao jornal que cumprirá as determinações da Anatel. Em relação ao caso analisado pela reportagem, a empresa alegou que, “por tratar-se de pessoa jurídica, o desbloqueio deve ser solicitado somente pelo administrador da empresa por meio do número 1052 e não é cobrado”. O jornal diz, no entanto, que o atendente “nem conferiu a nota fiscal”.

Procurada pelo Radar Econômico, a operadora afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa: “A Claro vai cumprir rigorosamente a determinação da Anatel”.

Reajustes e contas públicas

Um assunto muito comentado nos jornais regionais nesta terça-feira foi o reajuste de servidores dos Estados. Os principais diários mineiros destacam que o governo deu aumento de 10% aos servidores civis e 15% aos militares. “É o primeiro reajuste concedido a todas as categorias desde 2003, no início do governo Aécio Neves(PSDB), que se prepara para deixar o cargo”, observa o Estado de Minas.

O Estado do Paraná disse que a Assembleia Legislativa aprovou aumento para os servidores do governo paranaense de 5% “a toque de caixa”. Já o jornal O Liberal, do Pará, lamenta que o aumento no Estado tenha sido “só de 4,5%” para o funcionalismo.

No Nordeste, a manchete do Estado do Maranhão também se refere a contas públicas: “PF monitora movimentação financeira de prefeituras”. Já o Diário de Pernambuco aponta “supersalários” no funcionalismo e diz que o Ministério Público local quer “limitar ganhos de servidores no Recife”.

Acompanhe as principais notícias de economia, publicadas em jornais do Brasil e do Exterior, no blog Radar Econômico

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.