Dia das Mães: oito sugestões para melhorar as vendas em datas comemorativas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dia das Mães: oito sugestões para melhorar as vendas em datas comemorativas

Segundo especialista, lojas virtuais devem divulgar previamente as promoções e mudar a aparência do site

Economia & Negócios

01 Maio 2015 | 08h28

Foto: Stock Xchng

Os cuidados no e-commerce vão deste a divulgação até o pós-venda. Foto: Stock Xchng

A proximidade do Dia das Mães acende um sinal amarelo no varejo online: para aproveitar bem as datas comemorativas o comércio deve ter se preparado. No ano passado, o e-commerce faturou R$ 31 bilhões, dos quais R$ 1,6 bilhão veio do Dia das Mães (pouco mais de 5%). Segundo o sócio-fundador da Webjump, Erick Melo, os cuidados vão desde a divulgação até o pós-venda. Além de ser uma plataforma para novos e-commerces, a empresa atua na assessoria de negócios online das lojas virtuais. Confira as sugestões:

1) Calendário de datas. Além das datas tradicionais, Melo afirma que o lojista deve estar atento a datas comemorativas interessantes para o seu comércio, como o Dia do Esportista (19/02) se for um negócio de artivos esportivos. ” O calendário é extenso e existem milhares de oportunidades em datas que vão além do tradicional”, afirma.

2) Planeje a promoção. Três pontos devem ser observados, segundo o especialista. O primeiro deles é o mix de produtos que será oferecido. Muitas vezes, é interessante montar kits ou oferecer brindes. O segundo passo é deixar claro os benefícios de comprar naquela data e não em um dia comum. Ou seja, o lojista deve deixar explícito o benefício do desconto, frete grátis ou prazo. Trabalhar com metas também ajuda a melhorar os negócios.  Isso porque a partir de relatórios é possível identificar quais ações deram certo ou não no passado.

3) Vá além dos descontos. A data comemorativa pode fazer o lojista conquistar um cliente não só pelo preço menor. “O vendedor pode não conseguir trabalhar muito o preço do produto, mas pode oferecer um parcelamento maior para facilitar a compra”, diz Melo.

4) Divulgação prévia. Não adianta nada se preparar para a data comemorativa, se a promoção não for bem divulgada. O ideal, segundo Melo, é começar a anunciar o desconto ou facilidade na compra um mês antes.

5) Mude a cara do site. Para que o cliente saiba que algo mudou, que nesta data tem um preço ou condição de pagamento diferenciada, o layout do site deve ser modificado. Uma opção é construir um hotsite específico da data.

6) Trabalhe com vale presente. O vale presente envolve não um, mas dois consumidores. Além de se relacionar com o cliente que comprou o vale presente, o lojista pode ainda fidelizar aquele que o ganhou e terá de gastá-lo naquele comércio.

7) Entrega e pós vendas. Como algumas datas provocam aumento significativo de vendas, o gestor deve preparar previamente a logística de entrega do produto.  Além disso, oferecer um bom serviço de pós venda pode criar uma relação mais próxima com o cliente e fazer com que o site seja lembrado no futuro. Melo sugere, por exemplo, que a loja o convide ele para as redes sociais, ofereça um cupom de desconto ou crie expectativa para a próxima data com descontos especiais e exclusivos.

8) Chame a atenção nas redes sociais. No caso das redes sociais, não vale a pena trabalhar somente em cima do anúncio das promoções. “É interessante criar conteúdos que atraiam o internauta até a sua loja. No Dia das Mães, por exemplo, poderia haver uma chamada para 10 sugestões de presentes”, diz.

Mais conteúdo sobre:

Dia das Mãese-commerce