As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Empresa faz recall de ‘baby slings’ após três mortes

Convocação abrange produtos vendidos nos Estados Unidos e no Canadá

Carla Miranda

24 de março de 2010 | 09h51

Atualizado às 11h43

baby_slings_infanto_divulgacao_24032010.jpg
Modelos de ‘baby slings’ que terão recall (imagem: divulgação)

A empresa Infantino anunciou nesta quarta-feira um recall de mais de um milhão de “baby slings” (faixa usada para carregar bebês) nos Estados Unidos e no Canadá, após três acidentes com morte, informa texto publicado no site do New York Times.

Segundo a Comissão de Segurança de Bens de Consumo dos EUA, os bebês ficaram sufocados no lenço. A instituição pede que os pais parem de usar o produto imediatamente nesses dois países. “Nossa prioridade é a segurança das crianças cujos pais e cuidadores usam nossos produtos”, afirmou em comunicado o presidente da Infantino, Jack Vresics.

O recall abrange dois modelos de “baby slings”: o SlingRider e o Wendy Bellissimo.

Leia a reportagem na íntegra no site do New York Times (em inglês)

Conheça os modelos afetados (em inglês)

Veja o comunicado da empresa em

Documento

,

Documento

e

Documento

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.