As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Estádio da Copa de R$ 400 mi custaria R$ 1 ao Corinthians

Empresa quer propor novo modelo e negócios para eventos da Copa e Olimpíadas

Carla Miranda

26 de julho de 2010 | 10h35

Atualizado às 14h32

O Corinthians pode conseguir um estádio com capacidade para 50 mil pessoas sem pagar por isso.

O grupo de construção Advento quer apresentar à diretoria do clube, daqui a no máximo 15 dias, seus planos para a construção do estádio para a Copa do Mundo de 2014, segundo o jornal Brasil Econômico.

—-
Siga o Radar Econômico no Twitter: @radar_economia
—-

A reportagem diz que a Advento vai propor a construção de um estádio no bairro paulistano de Itaquera para a Copa ao custo de R$ 400 milhões.

A arena começaria a ser usada na Copa, mas só seria entregue ao Corinthians dez anos depois de inaugurado pelo preço simbólico de R$ 1, e já com um R$ 200 milhões em caixa. Enquanto isso, o estádio ficaria sob responsabilidade da Advento. O clube ofereceria o espaço para a construção do estádio.

Segundo o jornal, o projeto estima que a venda do direito de dar nome ao estádio, somada à comercialização de 20 mil cadeiras cativas e 400 camarotes vão gerar 90% da receita do empreendimento.

Essas três fontes de receita assegurariam R$ 650 milhões ao negócio, R$ 250 milhões a mais do que o necessário para erguer o negócio, sempre segundo o Brasil Econômico. Os investimentos seriam financiados pela iniciativa privada.

O jornal informa que o grupo Advento quer usar esse modelo para disputar outros empreendimentos de preparação para a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Leia a reportagem no site do Brasil Econômico (restrita a assinantes)

CORREÇÃO: Este post dizia incorretamente que a proposta era de usar o estádio na abertura da Copa. O erro foi corrigido.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.