As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Europa propõe que socorro a bancos seja pago por eles próprios

UE defende criação de fundo abastecido por taxas sobre instituições financeiras

Carla Miranda

26 de maio de 2010 | 11h08

michel_barnier_europa_ue_reuters_eric_vidal_26052010.jpg
Barnier: é ‘inaceitável’ que contribuintes salvem bancos (foto: Eric Vidal/Reuters)

A União Europeia anunciou oficialmente sua proposta para que os países da região criem um fundos para socorrer instituições financeiras em dificuldade, informa o jornal britânico Financial Times.

A novidade da proposta, observa o jornal, está no fato de que o socorro do sistema bancário passará a ser financiado não pelos contribuintes, como ocorreu na atual crise, mas pelos próprios bancos, se a proposta for concretizada.

A proposta foi anunciada pelo comissário europeu para os mercados internacionais, Michel Barnier. Os países ainda terão que discutir se os recursos obtidos com as taxas poderão ser usados livremente pelos governos ou se terão uma finalidade específica.

“É inaceitável que contribuintes continuem financiando os pesados custos de salvar o setor bancário”, disse Barnier, com odestacou o Financial Times.

Leia a reportagem no site do Financial Times (em inglês)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.