As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Facebook e Amazon criam fundo para investir em redes sociais

Empresa uniu-se a outros investidores para apostar em companhias nascentes

Carla Miranda

22 de outubro de 2010 | 14h51

O Facebook, a Amazon e a Zynga, uma empresa que desenvolve jogos para Facebook, uniram-se a outros investidores e criaram um fundo de “venture capital” que investirá em empresas que produzem aplicativos para redes sociais, informa o “Financial Times”.

Fundos de “venture capital” são aqueles que investem em empresas pequenas com alto potencial de crescimento. O novo fundo, chamado de sFund (em que o “s” se refere a “social network”) nasce com US$ 250 milhões.

As companhias por trás do fundo, disse o “FT”, consideram as redes sociais “um fenômeno que pode transformar totalmente o comportamento na internet, criando grandes oportunidades para uma nova onda de empresas”.

O fundador do Facebook, Marck Zuckerberg, disse que, em cerca de cinco anos, as redes sociais possibilitarão “escolher qualquer indústria e repensá-las”.

O novo fundo, no entanto, terá suas limitações. Bing Gordon, o homem que coordenará o negócio, disse que não vai investir em empresas rivais da Zynga, a companhia que desenvolve os jogos mais populares do Facebook, como o Farmville.

Leia a reportagem no site do “Financial Times” (em inglês)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.