Google aluga hangar de dirigíveis da marinha por 60 anos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Google aluga hangar de dirigíveis da marinha por 60 anos

Gigante de tecnologia vai usar espaço para pesquisa e o desenvolvimento de tecnologias ligadas ao espaço e à aviação, montagem e teste nos setores da exploração espacial e veículos de exploração, robótica e outras tecnologias emergentes

blogs

11 de novembro de 2014 | 15h28

Hangar da Nasa: acordo com o Google (Divulgação)

Hangar da Nasa: acordo com o Google (Divulgação)

Elizabeth Weise, do USA Today

SAN FRANCISCO – O Google assinou um contrato de 60 anos de aluguel de um ex-hangar de dirigíveis da marinha bem no meio do Vale do Silício, de acordo com a Nasa.

O gigante da internet vai pagar US$ 1,16 bilhão em aluguéis ao governo federal para ter acesso à estrutura de 32,5 mil metros quadrados, conhecida como Hangar One.

Anunciado pela primeira vez no dia 10 de fevereiro, o acordo foi concluído na segunda feira, 10.
A Planetary Ventures LLC, subsidiária do Google, vai usar o Hangar One para a pesquisa e o desenvolvimento de tecnologias ligadas ao “espaço e à aviação, montagem e teste nos setores da exploração espacial, aviação, veículos de exploração/robótica e outras tecnologias emergentes”, de acordo com a Nasa.

A propriedade inclui três hangares para aeronaves, um edifício de operações de voo do aeroporto, duas pistas de decolagem e pouso e um campo de golfe particular. Fica a 5km da sede do Google em Mountain View, Califórnia.

O Google planeja investir mais de US$ 200 milhões em benfeitorias à propriedade, incluindo a reabilitação dos hangares e criar uma instalação de ensino onde o público possa explorar o legado do local e o papel da tecnologia na história do Vale do Silício.

A propriedade faz parte da antiga Estação Aérea Naval de Campo Moffett Field, na Península de San Francisco. Faz anos que os defensores da história lutam para salvar a estrutura. O Hangar One do Moffett Field é um cartão postal da região, facilmente visível a partir da estrada 101 que liga San Francisco a San Jose.

O hangar faz parte dos primórdios da aviação nos Estados Unidos. A marinha construiu a instalação de Moffett Field em 1932 para o USS Macon. O local serviu como base do programa americano de aviação mais-leve-que-o-ar na Costa Oeste.

A marinha transferiu a propriedade do hangar à Nasa em 1994 depois que a base de Moffett Field foi tirada de serviço. “Conforme a Nasa expande sua presença no espaço, estamos nos esforçando para reduzir nossa presença aqui na Terra”, disse Charles Bolden, administrador na agência aeroespacial americana.

“Queremos investir o dinheiro do contribuinte na descoberta científica, no desenvolvimento tecnológico e na exploração do espaço – e não na manutenção de uma infraestrutura da qual não necessitamos mais. Moffett Field desempenha um papel importante na região e continuará a fazê-lo graças a este acordo de aluguel”, disse ele. /Tradução de Augusto Calil

Tudo o que sabemos sobre:

GoogleNasa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.