As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Google mapeou toda a rede WiFi do Reino Unido, diz jornal

Dados foram coletados por carros que executavam o projeto Street View

Carla Miranda

31 de maio de 2010 | 16h13

google_street_view_carro_sp_rj_bh_stilo_divulgacao.jpg
Carro do Google Street View usado em São Paulo, Belo Horizonte e Rio (foto:divulgação)

“Todos os roteadores sem fio WiFi – aparelhos responsáveis por dar acesso à internet à maior parte dos computadores britânicos – em todos os lares [do Reino Unido] entraram em uma base de dados do Google”, diz reportagem do jornal londrino Telegraph publicada no domingo (30).

Isso aconteceu nos últimos três anos, enquanto o Google conduzia o projeto Street View, em que a empresa coleta imagens das ruas das principais cidades para deixar à disposição na web.

As imagens eram gravadas por câmeras colocadas em carros que percorriam as vias; os veículos eram equipados com antenas que captaram, também, dados transmitidos por pessoas que acessavam a internet por conexão sem fio.

A empresa não divulgou o projeto até que um inquérito do governo da Alemanha obrigou a empresa a admitir que, “por engano”, armazenou pacotes de dados que podem ter incluído, por exemplo, mensagens pessoais de e-mail feitas por redes não seguras (aquelas que não exigem senhas).

Recentemente, o Google tirou das ruas os carros do projeto Street View, mas, no caso do Reino Unido, o projeto já havia sido concluído. No Brasil, o Google já terminou de mapear a cidade de São Paulo em 360º.

Leia a reportagem no site do Telegraph (em inglês)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.