As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Google quer ser concorrente direto do Facebook, diz jornal

Site de pesquisas online busca parceria com empresas de jogos eletrônicos

Carla Miranda

28 de julho de 2010 | 12h50

O Google tem conversado com empresas de ponta na área de jogos eletrônicos, como Playdom, Electronic Arts, Playfish e Zynga Game, com o objetivo de oferecer esse entretenimento na rede social que está desenvolvendo com o objetivo de concorrer com o Facebook, informa o diário The Wall Street Journal.

A reportagem, que afirma ter obtido os dados com pessoas ligadas aos assuntos, dá credibilidade aos rumores de que a empresa de pesquisas na internet trabalha no desenvolvimento do Google Me, que seria um rival do Facebook.

Eric Schmidt, presidente do Google, não confirma os rumores. Em uma entrevista na semana passada, diz o Wall Street Journal, o executivo, perguntado se o serviço da sua empresa sserá similar ao Facebook, ele respondeu: “O mundo não precisa de uma cópia da mesma coisa”.

O jornal informa que a publicidade na internet tem migrado para as redes sociais, setor dominado pelo Facebook, Twitter e outros sites.

Leia a reportagem no site do Wall Street Journal (em inglês)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.