As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

JP Morgan planeja dobrar número de funcionários no Brasil

Instituição financeira sextuplicou seu quadro de pessoal nos últimos 14 meses

Carla Miranda

18 de abril de 2011 | 17h54

O banco JP Morgan Chase planeja dobrar de tamanho no Brasil em número de funcionários, segundo uma reportagem do “Financial Times”. Isso depois de já ter sextuplicado seu quadro de pessoal nos último 14 meses.

A instituição financeira, hoje com 630 funcionários no Brasil, decidiu contratar mais 150 nos próximos 12 meses e prevê que terá, em médio prazo, entre 1.100 e 1.200 empregados no País. Esses números não incluem a aquisição da Gávea Investimentos no ano passado.

Onda de investimentos

Os movimentos do JP Morgan seguem uma onda de investimentos de bancos no Brasil. O francês BNP Paribas, um dos maiores da Europa, contratou mais de 400 pessoas nos últimos quatro anos, aumentando para 2.500 o número de funcionários.

Outro exemplo é o chinês ICBC (sigla em inglês para Banco Comercial e Industrial da China), o maior emprestador do mundo em valor de mercado, que tem planos para abrir uma unidade em São Paulo.

O “Financial Times” cita o forte crescimento das fusões e aquisições no Brasil como um dos fatores que atraem os bancos. Em 2010, esse tipo de negócio movimentou US$ 153 bilhões, quase o dobro dos US$ 60 bilhões do ano anterior.

Leia a reportagem no site do “Financial Times” (em inglês)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.