As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Manchetes: Aeroportos britânicos em crise de capacidade

Veja os principais destaques de economia da imprensa internacional

Carla Miranda

28 de junho de 2011 | 11h36

Seleção de manchetes de economia publicadas em jornais internacionais. Elas foram citadas na coluna do Radar Econômico na rádio Estadão ESPN (AM 700/ FM 92,9) nesta terça-feira.

***

The Times”: Aeroportos estão em crise de capacidade. O Heathrow, nas proximidades de Londres, tem poluição excessiva e um grande número de atrasos em vôos (aproximadamente 60% das chegadas), além de ser um aeroporto com “enormes despesas” (US$ 190 mil desperdiçados por dia em combustíveis). A reportagem se refere ao cotidiano normal do aeroporto e não faz menção a possíveis problemas que poderiam ocorrer durante as Olimpíadas de 2012.

The Guardian”: O Reino Unido viverá uma onda de reintegrações de posses assim que as taxas de juros começarem a subir. Essa é a afirmação do presidente de uma instituição financeira britânica chamada UKAR, que administra hipotecas no valor total de 80 bilhões de libras (R$ 200 bilhões). Segundo ele, ainda existe muita gente que não terá condições de pagar suas prestações se os juros subirem. Essas pessoas podem perder suas casas.

La Nación”: Prefeito declara Bariloche em estado de “desastre econômico e social”. O aeroporto local está fechado devido à erupção do vulcão chileno Puyehue no dia 4, o que já trouxe perdas de 600 milhões de pesos (R$ 220 milhões) para a economia da cidade.

China Daily”: Assinados acordos no valor de US$ 4,3 bilhões com o Reino Unido. O jornal fala sobre a visita do primeiro-ministro da China a Londres. Os dois países tiveram conversas sobre comércio exterior, segurança e direitos humanos.

The Wall Street Journal”: Doente, a Grécia tentará uma liquidação nacional. A reportagem mostra que o Estado grego tem uma enorme quantidade de ativos que podem ser vendidos para pagar dívidas, desde empresas como uma operadora de telecomunicações até instalações que foram construídas para os Jogos Olímpicos de 2004.

Ouça a coluna Radar Econômico na rádio Estadão ESPN

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.