As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Manchetes: EUA perto de acordo para corte de gastos militares

Veja os principais destaques de economia publicados na imprensa estrangeira

Carla Miranda

27 de junho de 2011 | 11h47

O Radar Econômico passa a registrar a partir desta segunda-feira, 27, uma seleção de manchetes publicadas em jornais estrangeiros na área de economia. Basicamente, é uma versão escrita do que é apresentado na rádio Estadão ESPN (AM 700; FM 92,9) de segunda a sexta-feira, às 10h36.

Washington Post: Oposição abre as portas para corte de gastos na área de Defesa. Segundo o jornal, políticos do governo e da oposição estão mais perto de um acordo para reduzir despesas no setor militar.

New York Times“: Dissolução do grupo de hackers pode não significar o fim dos ataques. Na mensagem indicando que haviam terminado a onda de invasões, o grupo Lulz Security conclamou outros hackers para aderir a uma “revolução” contra governos e corporações, relata o “Times”.

China Daily” destaca, na versão impressa, a visita do primeiro-ministro chinês ao Reino Unido. Segundo o jornal, os líderes dos dois países têm o objetivo de dobrar o volume de comércio entre eles nos próximos quatro anos. O site do “Financial Times”, de Londres, também aborda a notícia e informa que a China acaba de assinar um acordou comercial com o Reino Unido no valor de 1,4 bilhão de libras.

Na Europa, uma notícia que aparece no site de diversos jornais, principalmente franceses, como “Les Echos“, é a de que o presidente da França, Nicolas Sarkozy, confirmou que tem um plano para que os bancos e as seguradoras participem do pacote de ajuda à Grécia. O site do diário britânico “Financial Times” noticia que os bancos franceses concordaram com a proposta de rolar a dívida grega.

Ouça a coluna “Radar Econômico” na rádio Estadão ESPN

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.