As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mercado da beleza invade favelas e vive ‘boom’ no Brasil

Jornal mostra a população da periferia como protagonista do crescimento

Carla Miranda

20 Janeiro 2010 | 11h33

Beleza, favela e crescimento econômico. O jornal britânico Financial Times conseguiu reunir numa mesma reportagem três ideias relacionadas ao Brasil que parecem causar frisson em muitos europeus – ainda que esta última só mais recentemente venha ganhando espaço no imaginário dos estrangeiros.

O diário mostra as favelas como um dos protagonistas do que chamou de “boom” do mercado de beleza do País. É nas regiões periféricas das metrópoles, onde se localizam os pobres, mas também ex-pobres, que esse setor entra em ebulição.

ft_brics_brasil02.jpg
FT sobre os Brics: ‘Negócio da beleza muda cabeças no Brasil’ (foto: reprodução)

Vaderan Souza, um cabeleireiro entrevistado pelo repórter, largou seu salão de luxo em um shopping Center de Sâo Paulo para abrir outro na favela de Paraisópolis, na mesma cidade, onde diz ganhar “muito mais”. “Nunca vou sair daqui; tem muito mais clientes”, disse Souza ao jornal.

O diário se refere às 20 milhões de pessoas que saíram da linha de pobreza nos últimos seis anos, muitas das quais ainda vivendo nas favelas. Elas são “os novos consumidores do País”, que têm ajudado a puxar o crescimento do mercado interno.

A ascensão desses novos consumidores no Brasil, combinada com a crise nos Estados Unidos, levou o Brasil a se tornar o maior mercado do mundo da gigante norte-americana de cosméticos Avon. Em 2008, a empresa faturou US$ 1,67 bilhões no País. Ainda assim, no Brasil ela está atrás da Natura, companhia de capital nacional que faturou US$ 2,1 bi.

O jornal afirma que o País adota “políticas econômicas ortodoxas desde os anos 1990”, caracterizadas por uma taxa de câmbio flutuante, metas de inflação e déficit controlado das contas do governo. O resultado é a “estabilidade econômica” e a conseqüente “transformação na vida dos brasileiros”, segundo o periódico.

A reportagem faz parte de uma série especial do FT sobre os países conhecidos como Brics (sigla para Brasil, Rússia, Índia e China). Além do texto, o site publicou na terça-feira uma galeria de fotos sobre as favelas brasileiras, sob o título “O ‘boom’ da beleza do Brasil”.  

Leia a reportagem sobre o Brasil no site do Financial Times (em inglês)

Veja a galeria de fotos sobre as favelas brasileiras e o mercado da beleza