As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

News Corp fecha seu maior negócio no Oriente Médio

Império de Murdoch acertou compra de 9% de grupo midiático de príncipe saudita

Carla Miranda

23 de fevereiro de 2010 | 09h48

Atualizado às 10h21

A News Corp, grupo midiático do magnata Rupert Murdoch, fechou um negócio de US$ 70 milhões com o bilionário príncipe saudita Alwaleed bin Talal, o que seria o mais significante investimento já feito pelo dono da Fox e do Wall Street Journal no Oriente Médio, informa o diário britânico Financial Times.

A empresa de Murdoch acertou a compra de 9,09% (com opção de aumentar essa fatia para 18,18%) da Rotana Media, um grupo pertencente a Bin Talal que tem participações em várias empresas de mídia, inclusive um site semelhante ao Hulu (no qual, por sinal, o próprio Murdoch tem parte).

Aliás, o príncipe Bin Talal é o principal acionista da News Corp depois de Murdoch. Além de ser um magnata da mídia, é famoso por alguma extravagâncias. Em 2007, ele comprou uma versão VIP do superjumbo A380, o maior avião de passageiros do mundo, e o batizou de “Palácio Voador” (foto abaixo).

bin_talal_reuters_aziz_shah_12112007.jpg
Bin Talal (centro) cumprimenta presidente da Airbus ao comprar o avião A380 em 2007 em Dubai (Emirados Árabes) (foto: Aziz Shah/Reuters)

Leia a íntegra da reportagem no site do Financial Times (em inglês)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.