As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Paulson, uma pessoa, lucra US$ 5 bi, maior valor da história

Esse foi o ganho desse investidor em 2010, maior do que o de muitos bancos

Carla Miranda

28 de janeiro de 2011 | 11h06

john_paulson_reuters_jonathan_ernst_13112008.JPG
John Alfred Paulson faz juramento antes de depoimento sobre a crise financeira, em 2008
Foto: Jonathan Ernst/Reuters

John Paulson, administrador de fundos, obteve um lucro de US$ 5 bilhões ao longo de 2010, o que provavelmente é o maior ganho anual pessoal da história do mercado financeiro, informa o “Wall Street Journal”. Famoso nos EUA, Paulson é o criador de um fundo de investimentos que leva seu nome.

O valor supera o resultado de bancos inteiros. A título de comparação, os 36 mil funcionários do grupo Goldman Sachs, uma das principais instituições financeiras dos EUA, ganharam juntos, no ano passado, uma remuneração total de US$ 8,35 bilhões, segundo o “Journal”.

Com a façanha, Paulson superou seu próprio recorde de quase US$ 4 bilhões, obtidos em 2007 com apostas no setor de empréstimos hipotecários do tipo “subprime” – os mesmos que, no ano seguinte, desencadearam a maior crise financeira desde os anos 1930.

Também tiveram grandes lucros pessoais no ano passado os investidores David Tepper, da Appaloosa Management, e Ray Dalio, da Bridgewater Associates. Segundo o jornal, pessoas ligadas a eles disseram que seus ganhos foram de US$ 2 bilhões e US$ 3 bilhões, respectivamente.

A reportagem não traz dados sobre os ganhos de Warren Buffett, o investidor mais rico dos EUA.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.