As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pepsi China é acusada de contrabando e sonegação

Empresa teria registrado produtos com código errado para evitar taxa alta

Carla Miranda

29 de março de 2010 | 17h16

A PepsiCo sofre acusação de contrabando e de evasão fiscal no valor de 1,11 milhão de yuans (equivalente e R$ 290 mil) na China, informa o site ChinaCSR.

Segundo os documentos de indiciamento enviados à Justiça chinesa, a empresa teria registrado o código errado ao importar Cola Acuminata B. Dessa forma, o produto foi taxado em 15% quando deveria pagar 20%, afirma a acusação.

Segundo o site do jornal China Daily, a empresa disse que tem “cumprido estritamente” normas éticas e ofereceu “total cooperação” com as autoridades para encontrar uma forma de resolver o problema.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.